Tour na Toscana

Corredor Vasariano – primeiro trecho

Corredor vasariano – o caminho dos principes

Palazzo Vecchio e Uffizi unidos novamente depois de um século e meio!

Até dia 14 de janeiro de 2018, graças a um novo bilhete integrado, será possivel utilizar o mesmo caminho que o Grão Duque Cosimo I de’ Medici, utilizou durante todo o seu governo, para se dirigir aos Uffizi.

Inicio do corredor vasariano (foto: Luciana Masiero – Tour na Toscana)

Inicio do corredor vasariano (foto: Luciana Masiero – Tour na Toscana)

Se trata da primeira parte do famoso corredor vasariano, construido em ocasião do casamento do filho Francesco com Giovanna D’Austria em 1565, que inicia no Palazzo Vecchio vai até os Uffizi e termina no Palazzo Pitti, ultima residência dos Medici. Para quem teve sempre a curiosidade de visitar o corredor Vasariano, essa é uma oportunidade unica de conhecer o seu primeiro trecho, e saber como tudo começou.

Casamento de Francesco De’Medici com Giovanna d’Austria de “Iacopo Ligozzi”(foto: www.firenzepost.it)

Casamento de Francesco De’Medici com Giovanna d’Austria de “Iacopo Ligozzi”(foto: www.firenzepost.it)

A visita começa justamente no salão dos “500”, completamente modificado por Vasari para exprimir através da arte todo o esplendor dos Medici e principalmente de Cosimo I de’ Medici. O salão é um livro aberto aonde é possivel ler no teto, nas esculturas, nas paredes laterais afrescadas por Vasari e seus assistentes, os grandes feitos, muitas vezes cruéis, de Cosimo I e dos Medici. Não se esquecendo que o mesmo salão foi cenário de vários filmes internacionais, entre eles, o Canibal e o Inferno de Dan Brown.

Salão dos “500” depois da reforma feita por Vasari (foto: Luciana Masiero – Tour na Toscana

Salão dos “500” depois da reforma feita por Vasari (foto: Luciana Masiero – Tour na Toscana

Nossa visita continua no segundo andar do Palazzo, através dos aposentos de Eleonora de Toledo, mulher de Cosimo, da Cappella dei Priori, sala “delle udienze”, sala do “Mappamondo”, da “Cancelleria” dedicada à Maquiavel e sala “dei Gigli”, aonde se encontra a escultura original de “Giudita e Oloferne” de Donatelo, grande artista do Renascimento.

Sala verde “del Quartiere di Eleonora”(foto: pinterest)

Sala verde “del Quartiere di Eleonora”(foto: pinterest9

O acesso é possivel somente com hora marcada e respeitando estritamente o horário (em caso de atraso se perde o direito de entrar nos Uffizi pelo corredor), através da “Sala Verde del Quartiere di Eleonora”, no segundo andar do Palazzo Vecchio.

Antes da visita é obrigatorio depositar mochilas, maletas e guarda-chuvas no “guarda-volumes” no andar térreo do Palazzo Vecchio (depois da visita nos Uffizi se deve voltar ao Palazzo para o retiro, é muito importante se informar sobre o horario de fechamento do “Guarda-volumes”).

Info e reservas
tel. 055.294883 de segunda à sexta, 8.30-18.30; sábado, das 8.30 até as 12.30
www.uffizi.it  museicivicifiorentini.comune.fi.it

Compra do bilhete com reserva
Bilheteria de Orsanmichele, via Calzaiuoli (de segunda à sabado, das 9-17)
Bilheteria numero 2 dos Uffizi, “Piazzale degli Uffizi” (de terça à domingo, das 8.15-18)

Custo
Período a partir de 5 à 30 de julho bilhete inteiro € 27,  bilhete reduzido € 18,50
Período a partir de 31 de julho até 14 de janeiro bilhete inteiro 26,50 bilhete reduzido € 18,25
A redução é valida para cidadãos de idade entre 18 aos 25 anos, da União Européia e de outros paises de acordo reciproco.

Ingresso gratuíto para menores de 18 anos, mas pagando a reserva obrigatória de € 4,00)
Nós guias turícas também temos que pagar a reserva de 4 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies Saiba mais Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close