Topo
Tour na Toscana / Florença  / A Farmácia de Santa Maria Novella em Florença

A Farmácia de Santa Maria Novella em Florença

Um pouco de história

A história da Officina Profumo-Farmaceutica, conhecida em todo o mundo como Farmácia de Santa Maria Novella, é intimamente ligada ao convento dos frades dominicanos de Santa Maria Novella, e a sua origem faz parte do ideal religioso de caridade e de assistência e cura dos enfermos.

O interesse pela medicina e pela arte de preparar substâncias e produtos medicinais era muito comum nos conventos e mosteiros. Os primeiros frades dominicanos chegaram em Florença por volta do ano de 1221 e poucos anos depois os frades começaram a atividade farmacêutica cultivando nos seus jardins (chamado de Orto dei Semplice) ervas medicinais para serem utilizadas na preparação dos remédios, bálsamos, desinfetantes de ambientes e pomadas para a pequena enfermaria do convento da Igreja de Santa Maria fra le Vigne – a Basílica de Santa Maria Novella foi construida somente em época posterior.

Somente em 1612, quando os produtos medicinais fabricados pelos frades ficaram famosos fora dos muros do convento é que a Farmácia de Santa Maria Novella foi aberta ao público.

Já no século XVIII os produtos da farmácia ganharam fama internacional, ultrapassando fronteiras chegando assim à Russia, a India e a China.

No século XIX os bens da igreja foram confiscados pelo Governo Italiano e em 1866 o Estado concedeu a gestão da Farmácia Santa Maria Novella a Cesare Augusto Stefani, sobrinho do último frade diretor da Officina. Anos mais tarde, Stefani, através de um ato público comprou definitivamente a farmácia com todos os seu bens móveis. Desde então, quatro gerações da mesma familia comandaram a Offina Farmaceutica Santa Maria Novella.

A Farmácia de Santa Maria Novella hoje

Atualmente a Farmácia é dirigida por Eugenio Alphandery e ainda utiliza matérias primas de alta qualidade e os mesmo métodos de fabricação que eram utilizados pelos frades domenicanos. Todos os produtos são preparados a base de ervas e óleos de origem natural e não são testados em animais.

Os produtos da Farmácia de Santa Maria Novella

smn3

Cada produto tem a sua própria história, como por exemplo a “Acqua della Regina” (Água da Rainha), criada especialmente para a rainha da França, Caterina dei Medici, membro da importantíssima e mais potente família florentina (os Medici). Foi a própria Caterina quem promoveu o seu precioso perfume na França.

A farmácia produz um vasto número de produtos que vai desde de perfumes, colônias, cremes, produtos para pele e cabelos, essências, perfumes para casa, produtos infantis, licores, etc.

Não podemos esquecer do Pot-Pourri, uma mistura de ervas e flores típicas das colinas da Toscana que servem para perfumar o ambiente.

Outros produtos importantes são a Água de Rosas, o Liquore Mediceo, o Alkermes, Elisir di China, o Aceto dei Sette Ladri e a Acqua di Santa Maria Novella, conhecida pelas suas propriedades digestivas e produzidas com a famosa erva de Santa Maria.

Um verdadeiro museu

As salas que compõe a Farmácia de Santa Maria Novella são um verdadeiro museu. O acesso a Farmácia é feito através de um grande portal feito em pedra serena (pedra tipica da região) e se localiza na Via della Scala 16 em Florença. Um perfume intenso muito agradável invade todo o ambiente e lhe acompanhará até o grande Salão de Vendas.

O Salão de Vendas

smn-sala-de-vendas

O grande salão de vendas em origem era uma capela dedicada a San Niccoló da Bari e foi finanziada pelos Acciaiolli, rica família de mercantes florentinos. O ambiente foi totalmente reestruturado em 1848 pois a farmácia necessitava de um grande espaço para acolher os clientes.

Assim que você entra na sala o grande lustre captura o seu olhar. No teto são afrescados alegorias dos quatros continentes conhecidos na época: (nota: eu cortaria esta parte pois já se conhecia na época a Oceania) América, Ásia, Europa e África – simbolizam a fama dos produtos da farmácia nos quatro cantos do mundo. Os afrescos foram feitos no século XIX por Paolino Sarti.

Nessa sala você poderá experimentar diversas colônias, perfumes e essências.

A Antica Speziaria

Atualmente é a sala dedicada a herbanária (erboristeria em italiano), estabelecimento que comercializa ervas medicinais, mas de 1612 até 1848 a sala era usada como sala de vendas e exposição de produtos. Esta sala é ligada ao antigo pátio do mosteiro de Santa Maria Novella onde eram cultivadas as ervas medicinais (atualmente o pátio faz parte da escola de Carabinieri).

A Sacristia de San Niccoló

smn2

Desde 1600 essa sala era usada para conservar as águas destiladas e assim era chamada de Stanze delle acque (sala das águas). As paredes são completamente afrescadas com história da Paixão de Cristo atribuídos a Mariotto di Nardo, pintor ativo em Florença entre os anos de 1394 e 1424.

Texto: Cristiane de Oliveira

Sem Comentários

Deixe uma resposta:

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close