Tour na Toscana

O vinho Nobile de Montepulciano

nobile3

Já falamos em outros artigos que a Toscana é considerada a Terra de Bacco (deus romano do vinho, equivalente a Dionisio para os gregos). Já falamos também do Chianti, do Brunello, da Vernaccia e hoje vamos conhecer um pouquinho sobre o vinho Nobile di Montepulciano. A melhor forma de descrever o vinho Nobile di Montepulciano é utilizar as palavras de Francesco Redi, médico, naturalista e escritor “Montepulciano d’ogni vino é re” (Montepulciano de todos os vinhos é rei).

Numa pequena área do sudeste da Toscana, na comuna de Montepulciano, província de Siena, nasce um dos vinhos mais importantes da Toscana: o vinho Nobile (Nobre). Esse precioso vinho não recebe esse nome por acaso, pois somente uma terra que é caracaterizada por um rico patrimônio histórico e natural, pode produzir um vinho assim tão nobre.

nobile1

A história de Montepulciano foi sempre ligada aos seus vinhedos e a produção dos seus vinhos. Uma antiga lenda diz que a cidade foi fundada por vontade do rei Etrusco Lars Porsenna. Reza a lenda que o rei, seguido dos habitantes da cidade de Chiusi se transferiu para um monte que se chamava Mons Mercurius e que mais tarde tal monte passou a se chamar Mon Politicus – atual cidade de Montepulciano.

Saiba mais sobre Montepulciano clicando AQUI.

nobile5

Desde da época etrusca se produzia vinhos nesta zona, como comprova os diversos objetos etruscos encontrados no final do século XIX. Entre os objetos foi encontrada uma kilyx (taça de vinho usada pelos etruscos). A taça tinha uma representação de Flufluns, o Bacco etrusco, deus do vinho.

O Nobile di Montepulciano foi o primeiro vinho italiano a receber a denominação de D.O.C.G. (Denominação de origem controlada e garantida). Isso quer dizer que o vinho possui um disciplinar com diversas regras de produção, engarrafamento e vendas que devem ser respeitadas. Existe um consórcio que garante que tais regras foram obedecidas.

Características do vinho Nobile di Montepulciano

14330036_1319222934768913_7461945516831523312_n

As principais características do vinho Nobile di Montepulciano são as seguintes:

  • A uva utilizada na sua produção é o sangiovese que em Montepulciano é chamado de Prugnolo Gentile (mínimo 70%). Podem ser utilizadas outras uvas vermelhas (máximo 30%) e ainda é possível utilizar no máximo 5% de uvas brancas. As uvas utilizadas tem que ser aquelas autorizadas pelo disciplinar;

  • O rendimento máximo por hectare da vinha é de 80 quintais;

  • O vinho só pode ser comercializado após dois anos de maturação (três para o Riserva) e somente depois de passar por controles rigorosos, testes organoléticos realizados por uma comissão autorizada pelo consórcio do Vinho Nobile;

  • A vinificação e maturação deve ocorrer na cidade de Montepulciano.

O vinho Nobile possui uma cor vermelha rubi e com o tempo pode adquirir um reflexo granado. O perfume é intenso e o sabor é equilibrado, intenso, seco e persistente. A graduação alcólica mínima é de 12.5% e para o Riserva é 13%.

Para consultar as melhores safras do vinho Nobile di Montepulciano, vocé poderá acessar o site oficial do Consorzio clicando AQUI.

Modalidade de serviço e harmonização do vinho Nobile di Montepulciano

O vinho Nobile di Montepulciano é melhor apreciado a temperatura ambiente (entre 18 e 20 graus). É aconselhável abrir a garrafa pelo menos duas horas antes do consumo, para permitir a oxigenação e assim o vinho poderá liberar os seus aromas típicos.

O Nobile di Montepulciano é um vinho que pode ser harmonizado de forma sublime com assados (carne branca ou vermelhos). Suas características permitem obter os melhores sabores com queijos envelhecidos, como por exemplo, servido com pecorino (queijo feito com leite de ovelha) ou Parmigiano Reggiano.

nobile-4

No centro histórico de Montepulciano é possível visitar diversas vinícolas e degustar uma das maravilhas dessa terra de Bacco: o Vinho NOBILE DE MONTEPULCIANO.

Desejas descobrir os segredos de Montepulciano e do vinho Nobile acompanhado por uma guia brasileira? Fale com a gente!

Tim-tim!

Fotos: arquivo pessoal Cristiane de Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies Saiba mais Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close