Tour na Toscana

Quem foi São Silvestre?

sao-silvestre

São Silvestre – (fonte: http://www.capodannoroma.guide/)

No dia 31 de dezembro se comemora o dia de São Silvestre, motivo pelo qual em muitos países nesse dia acontece a “maratona de São Silvestre”. Quem foi São Silvestre e por qual motivo, muitos eventos, como maratonas e jantares são realizados em sua homenagem?

São Silvestre nasceu em data e local incertos morrendo em Roma no ano de 335 d.C.

Quando o imperador Constatino decretou a liberdade de culto ao cristãos oficializando a religião cristã em todo o Império Romano, o cardeal Silvestre foi nomeado o primeiro papa do império de Constatino, batizando o imperador. Papa Silvestre reformou o calendário, redefinindo os dias da semana, dedicando-os aos deuses, identificando com o nome em latim de “feria”, num primeiro momento essa palavra nos confunde, pois a própria palavra parece determinar um dia de férias e relax, onde não se trabalha e se pode descansar. Na verdade, no período romano, indicava o dia no qual se comemoravao dia das divindades e era proíbido fazer processos ou comícios.

Atualmente, os dias “feriali” em italiano, são os dias lavorativos, de segunda á sábado, porém no período facista o dia de sábado era considerado dia de festa. Nos dias “feriali” podemos reivindicar as merecidas férias “remuneradas” depois de ter cumprido um período determinado de trabalho. Se pensarmos na língua portuguesa, que mesmo sendo originária do latim, adquiriu a sua identidade própria, usando os números cardinais para identificar os dias da semana e usando a palavra “feira” no final para identificar os dias lavorativos da semana.

São Silvestre não foi um papa ativo e independente, visto que o imperador Constatino detinha todo o poder de decisão e de comando, mas foi um personagem muito importante na história do Cristianismo, sendo que sob o seu pontificado, a Roma pagã se tornou cristã, mesmo conservando alguns ritos e cerimônias. Papa Silvestre morreu justamente no dia 31 de dezembro, foi o primeiro papa a ser beatificado sem ter sido martirizado e muitos eventos importantes em Roma e no cristianismo são ligados ao seu nome.

Reza a lenda que São Silvestre derrotou um dragão, sinônimo do mal, enclausurando-o para sempre. Para derrotá-lo teve que descer 365 degraus para chegar até o dragão. Hoje, esses 365 degraus representam os 365 dias do ano, terminando com o dia da morte de São Silvestre. Fazendo uma analogia com tal lenda, podemos dizer que assim como São Silvestre teve que descer 365 degraus para enfrentar o seu maior desafio, amedrontado, incerto de qual seria seu destino, sem saber se sairia vitorioso, a única certeza que levava consigo era a sua fé em Deus. Assim é a nossa vida, descemos todos esses degraus nominados “dias” até chegarmos sobreviventes, vitoriosos ao último dia do ano, dia de São Silvestre, por esse motivo considerado o condutor que guia e transporta as almas e pessoas em direção ao Novo Ano. Merecidamente no último dia do ano, o jantar, uma festa, uma maratona, entre outros eventos importantes são dedicados ao seu nome, aonde festejamos a vitória de termos chegado até o final e termos a possibilidade de recomeçarmos um novo ano!

s-silvestro

(São Silvestre que derrota o dragão pintura de Maso di Banco na capella Bardi di Venio fonte: wikipidia)

Aonde encontrar obras dedicadas a São Silvestre:

Chiesa di San Silvestro a Ruffignano

Endereço: Via di Ruffignano, 2, 50141 Florença

Capella Bardi di Vernio na Basílica de Santa Croce

Endereço: Piazza Santa Croce – Florença

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies Saiba mais Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close