Tour na Toscana

FESTA DE SAN VALENTINO

SAN VALENTINO E A SUA FESTA

sanvalentino

A Festa de San Valentino (em português São Valentim) é comemorada todos os anos no dia 14 de fevereiro e se festeja o dia dos namorados em grande parte do mundo, muitos paises da Europa, nas Américas e no Extremo Oriente, geralmente com trocas (quando for sortudo em ser correspondido! ) de presentes, bilhetes e até longas cartas e declarações de amor, caixas de chocolates, rosas vermelhas…

Esse dia é dedicado a São Valentim, mas para entender o motivo de tal festa, suas tradições e costumes…vamos voltar a muito tempo atrás e conhecer um pouco sobre a vida desse bispo, que se tornou o santo patrono dos namorados e apaixonados!

FESTAS LUPERCALIA

lupercalia

(fonte: http://www.romanoimpero.com)

Os grecos, italicos e romanos davam inicio no dia 15 de fevereiro, às festas “Lupercalia”dedicadas ao Deus Pan (deus da natureza), e Juno (deusa da mulher e casamento), esse dia marcava também o início oficial da primavera.

Um dos rituais desse festival era a passeata da fertilidade, em que os sacerdotes caminhavam pela cidade batendo em todas as mulheres com correias de couro de cabra para assegurar a fecundidade. Tais rituais foram proibidos pelo imperador Augusto e a igreja transformou o rito pagão em cristão antecipando a festa para o dia 14 de fevereiro, dia da morte do santo, atribuindo ao mártir São Valentim a capacidade de proteger os apaixonados e direciona-los a um casamento cristão e fiel, perseverante e fecundo. Daì surgiram algumas lendas, como a de que Valentim amava as rosas e flores perfumadas e lhes dava de presente aos casais desejando-lhes uma união feliz.

Ou ainda, quando via jovens casais discutindo fazia com que pombinhas voassem ao redor dos mesmo até que distraidos esquecessem o motivo da briga e fizessem as pazes.

QUEM FOI VALENTIM

O bispo Valentim (nasceu em Interamna Nahars, 176 e morreu em Roma, 14 de fevereiro 273) também uniu em matrimonio a jovem cristã Serapia, no seu leito de morte e o centurião romano Sabino, após converte-lo ao cristianismo através do batismo.

serapiasabino

(fontes: https://guidaturisticaorvieto.files.wordpress.com)

O mesmo lutou contra as ordens do imperador Claudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes. E continuou celebrando os casamentos, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso uma primeira vez, perdoado e ficou sob a custódia da nobre familia de Asterius. Ele se apaixonou pela filha cega do seu carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão.

Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. O bispo foi capturado pela segunda vez, torturado e condenado a morte. Na ultima noite, antes de ser decapitado, na sua cela, escreveu uma mensagem de adeus para a filha de Asterius, na qual terminava assinando “De seu Valentim”.

No Brasil, se comemora o dia dos namorados no dia 12 de junho, festa dedicada ao Santo Antonio de Padua, santo patrono dos namorados e com a fama mundial de ser um “santo casamenteiro”. Mais isso é outro pano para as mangas…

Feliz dia de São Valentim!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies Saiba mais Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close