Tour na Toscana

O Nascimento de Vênus de Sandro Botticcelli

O Nascimento de Vênus, em italiano “La Nascita di Venere“, é um quadro de Sandro Botticelli que pode ser visto na Galleria degli Uffizi em Florença. Esta obra prima foi realizada entre 1482 e 1485 e é muito famosa pela beleza e sensualidade da deusa Vênus.

Na mitologia grega Vênus era a deusa da beleza e do amor e, segundo o antigo poeta grego Hesíodo, nasceu das espumas do mar fecundadas por Urano. Para representa-la Botticelli provavelmente se inspirou na sua musa Simonetta Vespucci, uma jovem nobre de origem genovesa que encantou Florença com sua beleza inigualável. Casada com um parente distante de Américo Vespucci, o florentino Marco Vespucci, ela teve uma vida muito breve – morreu aos 23 anos – e foi enterrada na igreja de Ognisanti. Na mesma igreja encontramos o túmulo de Botticelli que antes de morrer pediu para ser enterrado aos seus pés.

venere_-_botticelli

A composição mostra no centro a deusa nua em pé sobre uma grande concha que flutua sobre as ondas do mar, no alto à esquerda o vento Zéfiro abraçado docemente à ninfa Aura que assoprando empurra Vênus na direção da ilha de Chipre. À direita de Vênus a deusa Hora, uma das filhas de Zeus que rege a mudança das estações, que lhe oferece um lindo manto bordado de flores.

Quando Botticelli fez esta pintura, ele vivia seu período artístico mais sereno e harmonioso, inspirado pelo Neoplatonismo que dominava a corte florentina nos tempos de Lourenço de Médici. Neste quadro a Vênus representaria o amor espiritual e não o amor carnal e seria inspirada nas antigas estátuas gregas que representavam a Vênus pudica, no estilo da  Vênus dos Medicis – “Venere Medicea“- que pode ser vista também na coleção do Uffizi. Mesmo não aplicando os cânones da beleza clássica grega, repare os pés e ombros da Vênus, Botticelli nos transmite os ideais de harmonia e beleza.

Aplicando cores claras e puras com uma luminosidade incrível, o artista nos passa a mensagem do amor como a energia que move a natureza, da nudez que reflete a pureza, a simplicidade da alma e a beleza divina.

As novas salas dedicadas a Sandro Botticelli, inauguradas em outubro de 2016, fazem parte de um grande projeto de modernização da Galleria degli Uffizi no qual foram utilizados vidros especiais, anti-vandalismo e anti-reflexo, permitindo uma maior aproximação aos quadros mais importantes da coleção, possibilitando uma melhor visão dos detalhes, como o maravilhoso vestido da ninfa Hora e as flores na beira do mar.

nova-sala-botticelli

Para quem nunca esteve neste museu, ou mesmo para quem já o conhece, este é um convite imperdível. Nas salas dedicadas ao famoso pintor além da Vênus encontramos a Alegoria da Primavera e outras obras primas, num percurso renovado no que se refere ao espaço e à iluminação.

Botticelli

Sandro Botticelli nasceu e morreu em Florença, foi influenciado e influenciou outros grandes artistas e se tiver interesse podemos elaborar um percurso dedicado para conhecer melhor este artista incrível.

sandro_botticelli_083

Auto-retrato do artista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies Saiba mais Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close